Casa cheia nos 10 anos da CCC no Teatro da Trindade

Atualizado: 31 de ago.

O Teatro da Trindade Inatel, em Lisboa, esteve completamente lotado na tarde de 14 de Maio, para 10ª conferência CCC, este ano num formato festivo e com a escritora Paulina Chiziane.


“Toda a semente é pequena, mas passado anos, até décadas, as árvores crescem, multiplicam-se e o próprio vento leva a semente para outras paragens”, lembrou a escritora moçambicana, prémio Camões 2021, e convidada de honra no evento, simultaneamente de reflexão e de festa.

Filipe Faleiro

Referência literária, mulher de causas, ativista, e defensora dos direitos das mulheres, Paulina Chiziane sublinhou que “todo o trabalho de promoção da mulher leva o seu tempo” e, numa conversa intimista com a presidente da CCC, Catarina Furtado, contou ainda algumas histórias de infância, deixando um tocante testemunho de ativismo e sororidade.


Bárbara Tinoco surpreendeu a autora com uma interpretação original, criada de propósito para esta tarde única, a partir de palavras de Paulina Chiziane, num momento que foi muito aplaudido.

Carla Pires

O tema do evento foi:


Corações Com Coroa, pela dignidade de todas as jovens e mulheres.

Dez anos de solidariedade afetiva.

Dez anos de solidariedade efetiva.


... e pelo palco do belíssimo teatro passaram ainda na tarde de sábado, de 14 de Maio, Jéssica Silva, ex-bolseira CCC, bem como a chef Palmira e chef Kiko, a dupla maravilhosa por trás do CCC Café.



Carla Pires

Isabel Barros, administradora da Sonae Missão Continente, deixou um testemunho do que pode ser a responsabilidade social das empresas e promovendo políticas de igualdade de género, nomeadamente através da criação de uma linha de apoio.

Filipe Faleiro

Aos atores Catarina Rabaça e Tadeu Faustino, com a mediadora Aurora Almeida, coube a apresentação do “CCC vai à escola”, projeto artístico-pedagógico que desde 2016 vai às escolas trabalhar as questões da violência do namoro e do bullying.


E num bonito momento musical, Tiago Bettencourt e Cláudia Pascoal interpretaram o tema “Apontar o dedo ao mal”, sobre o mesmo tema, a violência no namoro, com letra de Catarina Furtado e composto pelo artista.


Ao longo do evento, além da apresentação do novo vídeo institucional da CCC, realizado por Ricardo Figueiredo, da Zof Films, foram ainda exibidos os vários vídeos produzidos pela Adagietto sobre os projetos da associação, nomeadamente as Bolsas de Estudo, o Serviço Gratuito de Atendimento & Consultas e o CCC Café.


A referência ao projeto “A Menarca vai à Escola”, criado com o movimento #TodasMerecemos, foi marcada pela leitura cúmplice de um texto de Isabel Leiria e Isabel Abreu sobre a menstruação.


O bailarino Miguel Nunes Esteves fez ainda uma surpreendente homenagem coreografada e dançada a todos os seres humanos, apresentando o seu trabalho “All Human Beings”.


A voz e a energia contagiante do cantor e ativista Dino D’Santiago encerraram o evento em palco, tendo o evento encerrado com a inauguração da exposição de fotografia sobre os 10 anos da CCC, de Ana Magalhães, com Maria Andrade, no salão Nobre do Teatro.


Filipe Faleiro

Posts recentes

Ver tudo

A voz extraordinária de Teresa Salgueiro marcou o regresso das tertúlias CCC Café Convida, numa tarde de magia e palavras, que terminou com o soprar de velas do 5ª aniversário do CCC Café. Teresa Salg

 
CCC_apoiosArtboard 69.png